Acordo sobre aeroporto deverá passar por ajustes

Jorge Guimarães

A Prefeitura de Divinópolis adiou reunião marcada para ontem e que trataria do acordo para retomar os voos no Aeroporto Brigadeiro Cabral. O encontro ocorrerá na manhã desta sexta-feira, às 9h30. Conforme apurou o Agora, o adiamento se deve a alguns ajustes a serem feitos na parceria.     

Na última terça-feira, ocorreu uma reunião na Prefeitura de Divinópolis. Empresários, entidades de classe, Grupo Gestor e representantes da administração municipal debateram alternativas que garantissem de vez o retorno pleno do funcionamento do aeroporto. Os voos comerciais estão paralisados desde a saída da Socicam, empresa que administrou o Brigadeiro Cabral até maio último.

Entre vários itens discutidos, ficou firmado que a LG Serviços Aeroportuários seria a nova administradora do aeroporto.

Convênio

O ponto principal da reunião de terça é que será firmado, entre a Prefeitura, empresários e o Grupo Gestor, um convênio em que a iniciativa privada repassará R$ 55 mil mensais para a nova empresa responsável pela gestão do aeroporto. A Prefeitura arcará com R$ 42 mil mensais, o mesmo valor pago atualmente à Emop.  No contrato com a gestora anterior, a Socicam, a Prefeitura pagava R$ 168 mil. Se tudo ficar acertado, haverá uma economia de R$ 126 mil por mês e de R$ 1,5 milhão por ano para os cofres do Município.

Parceria

Os demais líderes do Grupo Gestor presentes na reunião da última terça, Eduardo Augusto Nunes Soares, Irajá Nogueira e Marcus Vinicius, também enfatizaram a importância da parceria. O Grupo Gestor informou que está atento para que os voos voltem a operar normalmente, o que, na avaliação dos empresários, facilitará o transporte de pessoas e aumentará as oportunidades de negócios entre empresas locais e regionais, “uma vez que Divinópolis polariza a região Centro-Oeste, que é uma das regiões mais segmentadas do Estado em termos de arranjos produtivos e é, também, polo de saúde”.

Comentários
×