Acord ganha o respeito dos corredores de rua

 

 

Jorge Guimarães 

Criada nas décadas de 60/70, a Associação dos Corredores de Rua de Divinópolis (Acord) teve seu fim anunciado em 1997. Sem registro de chapas para concorrer ao mandato de 1998/1999, a associação perdeu, mesmo eu temporariamente, seu rumo administrativo.

Um grupo de atletas, mesmo sem uma diretoria eleita, decidiu pela continuidade da equipe a partir de 1º de janeiro de 1998. Desde esta data vem todo o sucesso alcançado pela Acord, com uma diretoria participativa, que influenciou toda uma geração e implantou uma nova filosofia de trabalho e cooperação.

Hoje, já se vão 20 anos e seis meses de reconhecimento a uma das instituições esportivas do interior mineiro, que escreve sua história de lutas com os 147 troféus conquistados por sua equipe, até a presente data.

 Participantes 

Sem exigência de índices técnicos, qualquer pessoa pode integrar a equipe da Acord. Ao se cadastrar, o atleta assina um documento, isentando a Associação de toda e qualquer responsabilidade para com o mesmo, com cada um ficando responsável por seus treinamentos, e da maneira e condições que lhe sejam favoráveis.

Várias classes se fazem representar dentro da Acord. A associação desenvolve um trabalho esportivo, e mais forte ainda no seu lado,  unindo as pessoas, sem discriminação profissional, idade, nível cultural, sexo, raça, religião ou qualquer outra forma.

 Apoio 

Sem sede própria, a Acord conta com o apoio do Sindicato dos Metalúrgicos de Divinópolis na cessão de um espaço para suas reuniões, na rua Pernambuco, no Centro. Nesse local, os atletas se reúnem todas as segundas-feiras, por volta das 19h30, para traçar planos e direcionar as metas para as provas que devem participar.

— Para pertencer à Acord, mais do que conquistar vitórias no campo esportivo é preciso ao atleta participar — define o diretor, supervisor do site e assessor de marketing, João Jorge de Oliveira.

 Associação 

A Acord conta nos dias atuais com 79 atletas, sendo 68 homens e 11 mulheres, um atleta de honra, cinco membros participativos e nove membros beneméritos.

Tudo definido em uma “Cartilha do Cadastro”. Cadastro este que se atualiza de quatro em quatro meses.

 Cidade polo

 Com muito trabalho, a Acord construiu uma parceria oficial com a Associação Divinopolitana de Desporto, Recreação e Atletismo (Adra), e durante nove anos, num total de 100 provas, criaram o circuito “Conheça Divinópolis Correndo”, para transformar Divinópolis no centro das corridas de rua do Centro-Oeste.

— Extra-oficialmente, associação continua apoiando, porém não é o nosso objetivo organizar corridas do circuito e sim participar de todas as provas. Só na São Silvestre, temos 35 participações consecutivas, até o ano passado — revela João Jorge.

 Administração

 A Acord é uma associação com mentalidade coletiva e não apenas do corredor/atleta, que já tem uma mentalidade mais individualista, assim espelhado, de acordo com a “Nova Cartilha Administrativa” e o “Caderno dos Uniformes”.

— Os uniformes vermelhos, junto com os tênis personalizados e o boné, são nossa marca forte e nossa identidade — explica João

   É simples 

— Temos consciência de nossa responsabilidade esportiva e social pela confiança depositada em nosso trabalho na direção da equipe — definiu o diretor.

 Atleta

 João Jorge de Oliveira começou a correr no dia 17 de abril de 1991 e completou em abril último, 27 anos correndo pela associação. No seu currículo estão 411 corridas de rua, 404 medalhas, 23 medalhões e 109 troféus.

— Hoje, já com mais de 70 anos, corro sem me preocupar com o tempo e a classificação na prova. A maior conquista no esporte, no caso específico da Acord, são as amizades construídas durante as corridas realizadas, em Divinópolis e região Centro-Oeste. Este relacionamento com todos, supera conquistas em dinheiro, troféus e medalhas — definiu João Jorge.

 

 

Comentários
×