Acolher e educar

 

Anna Lúcia Silva

Acolher e educar são missões que movem toda a equipe da Escola Agogê, que está há 7 anos em Divinópolis. No aniversário da cidade que foi o alicerce para o crescimento de seus maiores valores, a presidente da escola, Kênia Apolinário, reforça planos e projetos para os próximos 12 meses.

Muitas escolas vêm conquistando pais e mães, ao acolher os pequenos desde os primeiros meses de vida e, na Escola Agogê, é exatamente assim: a vida pedagógica começa cedo e o intuito é sempre valorizar a autonomia de bebês e crianças em ambientes que são feitos especialmente para estimular a educação.

Em vez de cuidadores, na Agogê há pedagogos preparados para a condução de todo o processo educacional e de cuidados com a ajuda de auxiliares que atuam ali durante todo o dia com as demandas essenciais de crianças e bebês.

— Foi exatamente pensando nesses cuidados que a Agogê foi fundada. Quando minha primeira filha havia acabado de completar um ano comecei a pensar em tudo que eu gostaria que fosse oferecido para ela em uma escola, desde cuidados a aprendizagem. E foi assim que construí a Agogê, com o coração de mãe. Após a fundação, percebi o quanto eu poderia contribuir com outras mães, que estavam vivendo a mesma experiência que eu, que é a busca pela primeira escola e, nesse sentido, sou grata em ter persistido na ideia de fundar um núcleo escolar — contou.

Desde o início, Kênia Apolinárioprioriza uma educação que forme seres humanos conscientes. Conforme ela destaca, a engrenagem para aprimorar essa gestão educacional é justamente a missão de contribuir com o compartilhamento de conhecimentos específicos com cada aluno.

— Acreditamos que contribuímos com formação de cidadãos conscientes da realidade socioambiental e cultural de nossa cidade. Estamos focados em acreditar que nossa sociedade necessitada de cidadãos criativos e, sobretudo, questionadores. Por isso, nosso foco é instigar essa criatividade por meio do cotidiano — disse.

Sobre planos e metas para mais um ano em Divinópolis, a escola está focada em ampliar seus espaços, mas continuar oferecendo o aconchego lúdico que tanto contribui para o acolhimento dos alunos.

— Inicialmente, estamos expandindo o espaço físico da escola para um ambiente no qual a natureza prevalece, em local mais acessível e com excelente localização. A Agogê continuará oferecendo uma aprendizagem através do lúdico, explorando ambientes diversos, como nosso quintal com casinha na árvore, convívio com animaizinhos de estimação, redário, quadra esportiva, além da nossa horta, ofertando uma alimentação saudável aos nossos alunos — finalizou Kênia.

Comentários
×