Acidentes e brigas deixam trânsito mais perigoso

Maria Tereza Oliveira

A segurança no trânsito foi tema de campanha “Maio Amarelo”, mas, poucos dias após começar junho, os índices de acidentes destacam situação alarmante na cidade. Ontem mesmo foi registrada uma ocorrência em que uma briga de trânsito quase terminou em tragédia.

Enquanto na sexta-feira, 7, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Settrans) entregou certificados para alunos que participaram de um concurso realizado durante a campanha.

Além do incidente de ontem, durante o fim de semana foi registrado mais um acidente.

Trincheira

No sábado, 8, um homem, de 28 anos, capotou em uma trincheira, no bairro São Roque.

Apesar do acidente, de acordo com informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a vítima do acidente foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e estava consciente, tendo saído do carro sozinho.

Ele foi encaminhado para o Hospital Santa Lúcia.

Briga no trânsito

O Centro de Divinópolis foi palco de uma discussão acalorada que quase terminou em tragédia. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), os motoristas de um carro e de uma moto se desentenderam na avenida Antônio Olímpio de Moraes, esquina com São Paulo.

Conforme revelou a PM, cada um dos envolvidos tinha uma versão para o ocorrido. O condutor do carro afirma que foi xingado e agredido com socos pelo outro condutor, por isso, segundo ele, teve de pegar um canivete para se defender. Em contrapartida, o motociclista alega que o motorista não observou o trânsito e o fechou no cruzamento das vias.

Ainda segundo o motociclista, o motorista tentou “jogar o carro” em sua direção e depois deu a ré com o intuito de acertá-lo. O condutor da moto ainda destaca que foi ameaçado pelo outro motorista, que estava em posse de um canivete.

Os policiais chegaram ao local e, de acordo com eles, o motociclista era contido por uma testemunha, entretanto, ainda assim, partia para cima do motorista. Enquanto isso, o outro condutor estava com o canivete.

Ambos foram presos e encaminhados pelo crime de ameaça, sendo que o motociclista também teve acusações de agressão e resistência.

Maio Amarelo esquecido

Durante todo o mês passado, Settrans fez diversas ações para conscientizar os motoristas sobre as ações no trânsito.

Além de conscientizar os motoristas, as ações do Maio Amarelo também foram realizadas nas escolas. Na escola Dr. Sebastião Gomes Guimarães, por exemplo, as professoras promoveram várias dinâmicas sobre o tema com os alunos, dentre elas o concurso, onde as crianças tinham de escrever frases sobre o trânsito.

As seis melhores frases, na opinião da Settrans, receberam certificados e brindes –régua, garrafinha, lixa de unha e jogos educativos sobre o trânsito – da secretaria.

O secretário da pasta, Marcelo Augusto dos Santos, enalteceu a importância de estimular a consciência das crianças sobre o trânsito.

O movimento Maio Amarelo tem como intuito chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. 

Comentários
×