Acidentes com vítimas diminuíram 41% em relação a 2020, mostra operação carnaval

Polícia Rodoviária registrou números importantes durante os seis dias de ação

Da Redação

Terminou na tarde desta quarta-feira, 17, a operação “Carnaval pela Vida”, idealizada pela Polícia Rodoviária. A ação, que começou na sexta-feira passada, buscou diminuir os acidentes nas rodovias, frequentes neste período.

Mais de 30 mil quilômetros de rodovias estaduais e três mil quilômetros de rodovias federais foram fiscalizadas durante os seis dias de ação, que contou com a presença de mais de 1,2 mil militares.

Além de operações de lei seca e blitz, as rodovias contaram com reforço policial e abordagem nos principais trechos que provocam acidentes. A região Centro-Oeste recebeu amparo militar na MG-050 — km 100 até 184 —, onde percorrem as cidades de Divinópolis, Itaúna e Formiga.

Dados

Segundo a Polícia Rodoviária, houve redução de 41% no número de acidentes de trânsito com vítima, levando em conta o mesmo período do ano passado. O número de acidentes com vítimas fatais também caiu, desta vez em 25%.

Cerca de 353 pessoas tiveram suas carteiras de habilitação (CNH) recolhidas, representando um aumento de 47%. Mais de 12 mil autuações de trânsito foram lavradas nos seis dias de ação policial.

Mais de 1.100 veículos foram removidos, número 31% maior que o ano passado. 20 veículos também foram recuperados, apresentando aumento de 11% quando comparado a 2020.

Prisões

Ao longo da operação, foram realizados mais de sete mil testes de bafômetro, e 132 pessoas presas por embriaguez ao volante.

A ação também registrou 100 ocorrências de uso e consumo de drogas no trânsito. Além disso, 11 pessoas foram presas por tráfico de entorpecentes no período, número que representa um aumento de 57% em relação a 2020.

Treze foragidos da Justiça foram recapturados, durante as operações, número 300% maior em relação ao ano passado, conforme a PMR.

Aglomerações

A operação, através de blitz e abordagens, também realizou medidas para impedir aglomerações e, assim, conter a disseminação da covid-19.
Foram empregados 557 policiais militares em 249 pontos estratégicos nos 50 municípios que compõem a extensão. Áreas rurais, como o Lago das Roseiras, em Divinópolis, também receberam apoio militar.

Comentários
×