Acasp celebra 20 anos de atuação

Da Redação

A Associação Comunitária para Assuntos de Segurança Pública (Acasp) celebrou, ontem, 20 anos de atuação. A entidade, fundada em 29 de setembro de 1999, promove, semanalmente, reuniões entre a população e representantes dos agentes de segurança da cidade. Em comemoração às duas décadas de história, o encontro desta semana, mediado pelo presidente Breno Clementino, recebeu a visita de quatro ex-líderes da Acasp (José Levi Lucas, José Vítor Batista de Freitas, Luciano Lara e João Sávio).

O ex-presidente e fundador da Acasp, Valdemar Amaral, não compareceu à reunião, mas gravou um vídeo parabenizando a entidade.

— Cada vez mais vejo a Acasp fazendo coisas melhores, fazendo com que a sociedade se una e discuta os problemas que, às vezes, ela mesma provocou, com as autoridades policiais acompanhando — destacou Valdemar.

Durante a reunião, os três ex-presidentes falaram sobre os respectivos períodos que estiveram à frente da entidade, citando as realizações, evoluções e o trabalho desenvolvido nestas duas décadas de história. Além dos ex-presidentes, os membros do conselho técnico da Acasp destacaram a atuação da entidade na solução de problemas ligados à segurança pública.

Presentes

O conselho técnico da reunião foi composto pelo delegado da Polícia Civil, Marco Antônio Noronha; o comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Rodrigo Teixeira Coimbra; o secretário de Trânsito, Transportes e Segurança Pública (Settrans), Marcelo Augusto Santos; e o subcomandante do 10º Batalhão do Corpo de Bombeiros, major Joselito Oliveira de Paula.

Conselho

Durante a reunião comemorativa, o presidente Breno Clementino anunciou a criação do conselho dos ex-presidentes da Acasp. Segundo ele, o conselho será uma forma de manter os líderes passados próximos, para que eles possam auxiliar a gestão.

— Eles passaram por muita coisa na Acasp, a experiência dos ex-presidentes é fundamental para que a entidade continue no caminho certo — afirmou Breno.

Reuniões

Além de apoiar o trabalho dos órgãos de segurança, a entidade promove, por meio de suas reuniões, um debate no qual são apresentadas sugestões e reivindicações a estes órgãos. Conforme previsto em estatuto, a Acasp não remunera nenhum de seus membros, que desenvolvem seus trabalhos de forma voluntária.

Os encontros acontecem toda quarta-feira, das 7h30 às 8h30, no auditório da Acid (rua Serra do Cristal, 1688, Centro).

Comentários
×