Abril se torna o mês mais letal da pandemia

Até o momento já foram confirmadas 75 mortes, quase 20 a mais em relação a todo mês de março

Da Redação 

O mês de abril se tornou o mês mais letal da pandemia. Dados da Prefeitura de Divinópolis, mostram que só nos 14 primeiros dias do mês foram registrados 63 mortes  por covid-19, óbitos ocorridos no mesmo mesmo. Quando se fala em confirmados, este número salta para 75, pois se junta com o do mês anterior. Até então, março era o mês mais fatal, com 59 mortes causadas pelo coronavírus. O total é até ontem , 14, quando foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) mais oito óbitos.

Além do aumento considerável de mortes, outro dado que chama a atenção é o aumento de óbitos de pessoas de 49 a 59 anos. Até o dia 16 de março, haviam sido registradas 15 mortes por coronavírus nesta faixa etária, mas o número saltou para 45, conforme o boletim divulgado ontem, mostrando um aumento de 200%. 

Por mês 

O primeiro óbito registrado por covid-19 em Divinópolis foi confirmado no dia 9 de abril do ano passado. De acordo com os dados da Prefeitura, foram registradas 10 mortes em junho; 11 em julho; 18 em agosto; 15 em setembro; 12 em outubro; 10 em novembro; 23 em dezembro; 44 em janeiro; 19 em fevereiro; e 59 em março. 

Casos Confirmados 

Os casos confirmados da doença também tiveram um aumento considerável nos últimos meses. Conforme os dados epidemiológicos Semusa, os primeiros casos foram confirmados em março do ano passado. Na época, foram registrados 11 casos em março; 23 em abril; 29 em maio; o número saltou para 192 em junho; 267 em julho; 397 em agosto; 425 em setembro; 439 em outubro; 600 em novembro; 1.446 em dezembro; 1.694 em janeiro; 1.267 em fevereiro; e 1988 em março. Ainda de acordo com a Prefeitura, só neste mês já foram confirmados 1.326 casos de covid-19 na cidade.

Comentários
×