Abertas inscrições para curso sobre crimes cibernéticos

Da Redação

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), por meio da Academia de Polícia Civil (Acadepol), está promovendo o curso a distância “Crimes Cibernéticos: os principais riscos e técnicas básicas de prevenção e repressão”. As inscrições estão abertas até o dia 5 de agosto, tanto para servidores da PCMG quanto para a população em geral, por meio deste link. O curso é gratuito.

Com carga horária total de 20 horas/aula, o curso será realizado dos dias 17 a 26 de agosto. Estão sendo oferecidas três mil vagas. Ultrapassado esse limite, as inscrições serão aceitas, mas para novas turmas com datas a serem apresentadas oportunamente pela Acadepol.

O objetivo geral da capacitação é instruir a população acerca dos principais crimes cibernéticos (computacionais) praticados hoje em dia, destacando importantes medidas preventivas e repressivas a serem adotadas. Esta já é a segunda edição do curso.

Na ementa do curso, serão abordados aspectos desde o avanço do uso da rede web de internet, apresentando os principais conceitos relativos ao ambiente virtual; a coleta de provas em casos de crimes cibernéticos; quais são os crimes virtuais mais comuns e um estudo de como manter um ambiente seguro na internet e quais os mecanismos de defesa disponíveis atualmente.

— O curso está muito bem montado e já estamos tendo muita procura. Em apenas dois dias de inscrições abertas, desde a última sexta-feira (24), já tivemos dois mil inscritos. Por essa razão, vamos formar novas turmas em breve. Iremos capacitar quantas pessoas quiserem se habilitar — destacou a diretora da Acadepol, delegada-geral Cinara Moreira Liberal.

Outras capacitações

Em razão da pandemia do coronavírus, desde os primeiros momentos desse delicado momento social, a Polícia Civil tem investido em iniciativas pedagógicas voltadas para capacitações externas.

Neste mesmo ano, nos meses de abril e maio, já foram capacitados cerca de cinco mil professores da rede pública, estadual e privada de ensino no curso on-line “Capacitação para a criação de Cursos em EAD – Educação a Distância (EAD)”.

Durante a formação, os alunos aprenderam sobre como criar um curso em EAD. Nas videoaulas, o cursista viu temas como, por exemplo, o que é o EAD e por que ele é uma boa opção de ensino, os recursos que podem usar nos cursos em EAD e os diferentes tipos de EAD, entre outros.

Em um segundo momento, foi disponibilizado um curso específico sobre o coronavírus, voltado para a área de Segurança Pública, sendo abordados os reflexos da pandemia na sociedade.

Já em uma terceira fase, foi aberto novo curso voltado à área de prevenção à violência contra a mulher, criando diálogo com os alunos sobre a temática da violência doméstica, que apresentou aumento durante o período de pandemia.

Comentários
×