A televisão vai sair da pandemia muito mais forte

Por: Flávio Ricco

Colaboração:  José Carlos Nery

É interessante verificar como a televisão, de forma geral, conseguiu rapidamente se adaptar à complicada situação atual.

Globo, Record, SBT e até a Band, mesmo diante de tantas dificuldades e condições completamente atípicas para todas, conseguiram rapidamente adaptar as suas programações, mesmo com gravações paralisadas e estúdios fechados.

A todas foi oferecida a oportunidade de se reinventar um pouco e buscar alternativas impossíveis de serem imaginadas até antes da pandemia.

É certeza que a TV, depois de tudo, vai sair bem diferente.

Por exemplo, sábado, o “Caldeirão do Huck”, graças ao esforço da sua produção, conseguiu colocar no ar um programa 100% inédito e ainda estrear um quadro, “Pequenos Gênios”, que já tem quatro episódios gravados.

Mas o mais interessante foi a exibição do quadro “Gonga la Gonga”, com Luciano Huck e os seus participantes, inclusive os convidados Larissa Manuela, Hugo Gloss e Rafael Portugal, todos em casa. Tudo isso é novo e diferente. Um tempo exatamente para se arriscar, porque muito disso vai ficar para o momento seguinte.

TV Tudo

Resultado natural

 

Record fechou o mês de abril na frente do SBT, 4,7 a 4,5, na média 24 horas.

É a diferença que o jornalismo de uma faz sobre a outra. Mesmo com números maiores em São Paulo e Rio, o SBT não foi bem em outras praças.

É por aí

Apostar na criatividade e valor do profissional brasileiro sempre foi e continuará sendo o melhor negócio para a televisão brasileira.

Está aí a prova. Olha o barulho que as lives estão fazendo. Tudo por conta e obra do nosso pessoal.

Outro exemplo

O “Melhor da Tarde”, da Cátia Fonseca, na Band, está há mais de 50 dias sendo apresentado da casa dela.

A audiência tem observado crescimentos e a parte comercial também. Prejuízo nenhum. Produção trabalhando remotamente e no estúdio/domicílio; além da Cátia, só o diretor/marido Rodrigo Riccó e o diretor assistente André Szimanski.

Floribella 

A Band decidiu reprisar “Floribella”, estrelada por Juliana Silveira(foto), em substituição a “Ouro Verde”, por não ter fechado todas as questões contratuais em relação à portuguesa “Valor da Vida”, que ficará para uma outra oportunidade. 

A produção, voltada para o púbico infanto-juvenil estreia em julho.

 

E outra

Nessa altura dos acontecimentos, com todas as TVs apertando os cintos, sai muito mais barato reexibir a produção nacional do que comprar os direitos de uma novela e ainda ter que dublá-la.

“Floribella” reuniu em seu roteiro Patrícia Moretzsohn e Jaqueline Vargas, e Elisabetta Zenatti na direção-geral.  

Fusão

Sobre o "Na Linha de Frente", estreia da Band no dia 18 de junho, às 22h45, ele será produzido em cima das séries “Operação Policial” (Investigação Discovery e Prime Vídeo) e “Socorro Imediato” (Lifetime e Prime Vídeo).

As duas, licenciadas pela Medialand, vão servir de material para o programa.

Mudança na Cultura

 

Na direção comercial da TV Cultura, sai Carlos Henrique Nascimento e entra Maurício Jacob.

A troca de comando foi efetivada nesta segunda-feira. Jacob tem passagens por Vivo, UOL, Disney/ESPN e Band.

Mais tempo

 O “#Provoca”, comandado por Marcelo Tas na TV Cultura, ganha mais tempo no ar, a partir desta terça-feira, e terá agora 45 minutos. O primeiro convidado do programa mais longo é o filósofo Luiz Felipe Pondé. Entrevista, em tempos de coronavírus, realizada remotamente.

Pondé fala sobre o papel das redes sociais neste momento de fragilidade humana, o medo como ferramenta de gestão, entre outros assuntos.

Bate – rebate

  •       O Arte 1, com o isolamento, aumentou em 25% o número de seus seguidores...

 

  •       ... Está agora com 153 mil...

 

  •       ... E vai se tornando o canal mais procurado por vários artistas...

 

  •       ... Roberta Sá e Tony Belloto, por exemplo, são alguns dos muitos que entraram com lives nesses últimos dias.

 

  •       A propósito de live, a do Roberto Carlos, na Globo, domingo, Dia das Mães, será levada ao ar a partir das 15h...

 

  •       ... A Globo vai transmitir os primeiros 45 minutos...

 

C´est fini

 Raul Gil, ontem direto do hospital Albert Einstein-SP, mandou um áudio aos amigos mais próximos, tranquilizando a todos.

Agradeceu a preocupação de todos, elogiou a equipe médica que o está atendendo e disse que não vê a hora de voltar a trabalhar.

 

 

 

Então é isso. Tchau!

Comentários
×