75 pessoas tomaram vacina vencida contra a covid em Divinópolis, afirma levantamento da Folha

Doses seriam da AstraZeneca; Prefeitura nega e diz que já realizou consulta no sistema

Da Redação

Um levantamento feito pela Folha de São Paulo, com dados da Data SUS e Sage, mostrou, na tarde desta sexta-feira, que pelo menos 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca foram aplicadas em diversos postos de saúde do país. Os dados constam de registros oficiais do Ministério da Saúde. Conforme os números, Divinópolis tem 75 registros de aplicações vencidas.

Ranking

O primeiro lugar no ranking de vacinas vencidas é Maringá, com 3.536 doses sem eficácia. Depois aparecem Belém (PA), com 2.673, São Paulo (SP), com 996, Nilópolis (RJ), com 852, e Salvador (BA), com 824. As demais cidades aplicaram menos de 700 vacinas vencidas.

Datas

Ainda conforme os dados, as vacinas vencidas foram aplicadas após 29 de março (47 doses) e 14 de abril (28 doses), data de vencimento das vacinas.

Outras cidades da região aparecem na lista divulgada pela folha. Pedra do Indaía, Carmo da Mata e Cláudio teve um registro e Arcos duas. 

Prefeitura

Ao Agora, a Prefeitura por meio do responsável pela Central de Imunização, Elbert Eddy Costa, disse que a afirmação não procede.

— Em detrimento dessa notícia que diz que 75 pessoas receberam vacina contra a covid-19. A Central de Imunização exportou dados que comprovam que isso não foi verdade. Dois lotes de vacinas AstraZeneca que venceram dia 14 de abril e 29 de março, nós exportamos todas as vacinas depois dessa data e quando a gente procura por esse lote, constatamos que isso não existe. Essa vacina não foi feita posterior a data de vencimento — disse.

Pouco tempo depois, a Prefeitura divulgou uma nota de esclarecimento.

 
 
A Prefeitura de Divinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que nenhuma dose da vacina vencida foi aplicada no município. Sendo assim, todas as pessoas que foram imunizadas contra a Covid-19 no município podem ficar tranquilas em relação a esta questão.
 
A Semusa tem um controle rígido de todos os lotes de vacinas contra a Covid-19 que foram recebidos. O município recebeu dois lotes da vacina Astrazeneca, um que venceu no dia 14 de abril e outro no dia 29 de março, no entanto, esses lotes não foram aplicados em data posterior a do vencimento.
 
A Administração Municipal reforça que, todo o sistema relacionado à imunização contra a Covid-19 é feito por pessoas capacitadas e com todo o respeito e responsabilidade para com o cidadão.
Comentários
×