13º para aquecer o comércio

 

Jorge Guimarães

E como ele passou depressa. Assim, chega ao fim mais um ano, como também se aproxima um dos momentos mais aguardados pelos trabalhadores: o dia de receber o 13º salário. E quem também está de olho nesta grana extra é o comércio, que já prepara para lançar suas promoções a fim de chamar o consumidor para as compras, além das promoções da Black Friday.

É comum dizer que o pagamento da primeira parcela deve ser feito até o dia 30 do próximo mês, se já não foi quitado durante o ano, como é feito em muitos casos, dependendo da política de cada empresa. Já a 2ª parcela deve ser paga, impreterivelmente, até o dia 20 de dezembro.

Mas, os lojistas não estão somente ansiosos por possíveis vendas, pois muitos que irão quitar suas dívidas o farão diretamente com o comércio. E com a recuperação, ainda que lenta, da economia, os empresários estão ainda mais confiantes nas vendas de fim de ano.

Quitar

Mas, a alegria dos comerciantes pode ser a tristeza futura dos consumidores que não souberem utilizar o dinheiro. Na opinião de especialistas, os clientes têm que tomar cuidados com as compras impulsivas, pois a calmaria de agora pode se tornar uma tempestade econômica no futuro.

Para o economista Leandro Maia, a melhor aplicação deste dinheiro extra seria na quitação de dívidas.

— Para aqueles que estão endividados, esta é a melhor opção. Outra saída, se sobrar alguma quantia, seria a velha poupança, pois é a mais indicada para menores valores — aconselha.

 Consumidor

Mas para muitos consumidores o tão sonhado 13º já é um sonho de consumo, pensado o ano inteiro. E dentre vários sonhos, estão as viagens e eletrodomésticos. Outros sonham em quitar as dívidas e entrar um ano novo no azul, e assim, cada um vai decidindo como utilizar melhor o dinheiro.

— Recebi a primeira parcela quando saí de férias, ainda no primeiro semestre. Mas, como foi pouco, apliquei na Poupança e agora com a segunda vou juntar tudo e pagar dívidas — disse o garçom Paulo Souza.

 

Comentários
×