‘Momento histórico’, diz delegado sobre redução de 60% nos homicídios

Da Redação

As medidas restritivas decretadas pelos governos de Minas, federal e municipal para conter o avanço do novo coronavírus já refletem em mudanças na criminalidade em Divinópolis. É o que revela o delegado regional, Leonardo Pio.

Segundo ele, a Polícia Civil (PC) segue atuando fortemente na investigação de crimes diversos no período de quarentena, que estabelece suspensão de diversos serviços. Ele ressalta que, no período de pandemia, foi registrada uma redução substancial no número de homicídios. A queda foi de 60%, se comparada com o mesmo período do ano passado, o que ele avalia como “momento histórico”.

Ainda segundo o delegado, apenas nos últimos 15 dias, foram despachados mais de 12 mil Reds, ou seja, 12 mil pessoas que aguardavam uma resposta de resolução de crimes da PC estão tendo o retorno neste momento. 

Crimes diversos 

A redução, conforme destacou o delegado, se estende a outros crimes como tráfico de drogas, violência contra mulher, que é uma frente que a polícia tem atuado com veemência, e também tem produzido resultados significativos. A diminuição dos crimes se estende às regiões pelas quais a delegacia regional é responsável. 

— A Polícia Civil tem intensificado o conjunto de ações e de operações, visando ao combate efetivo aos crimes violentos. Essas ações têm produzido resultados significativos para a cidade de Divinópolis e região. Tanto é que comemoramos a redução de 60% no número de homicídios, e essa média também se estende às demais cidades da região — destacou Pio.

Para o delegado, manter a ordem no período de pandemia é resultado de uma equipe integrada e compromissada em prestar serviço de segurança de excelência para a população. 

— Isso é resultado de uma equipe que capacitamos e especializamos e está dedicada à entrega de serviço de excelência para a sociedade — completou. 

Na mesma ocasião no ano passado, a cidade tinha uma elevação no número de homicídios. Eram 16, contra 10 deste ano.

Operações intensificadas 

 

Leonardo Pio disse também que as operações estão sendo intensificadas e que, no último mês, uma ação foi realizada especificamente para combater homicídios, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. 

A ação foi comandada pelo o chefe do 7º Departamento,  Flávio Destro, Leonardo Pio e o delegado de Carmo do Cajuru, Weslley Castro. Segundo a PC, 13 suspeitos de envolvimento com organizações criminosas e participação em pelo menos 11 homicídios e ocorrências de tráfico de drogas foram detidos. Mais de 60 policiais civis foram empenhados. 

De acordo com Flávio Destro, também participaram policiais da Região Metropolitana de Belo Horizonte e do Núcleo de Operações Aéreas da Polícia da corporação.

Comentários
×