É hoje!

É hoje!

 

Se for levada em consideração toda a preparação para a festa de logo mais, que marcará os 45 de história deste Diário, o sucesso está garantido. Há meses que o assunto vem sendo estudado de forma minuciosa, com um carinho sem igual. Os convidados serão recebidos de forma diferente, um buffet de fazer gosto e um som que vai enobrecer o acontecimento. O RG7, também comemorando aniversário, mostrará muito do que vai rolar em seus shows no ano que vem. Já as surpresas aos convidados, bem isso fica para quem lá estiver logo mais. Até lá, a festa realmente promete!

 

Preços baixos

 

Aqui neste PB, por várias vezes foi comentado o aumento abusivo dos preços em supermercados. Nesta semana, uma surpresa: todos os preços de frutas e legumes estavam bem menores que os da semana passada. Este PB tem o costume de marcar os preços e, quando a fruta ou o legume sobe, como já aconteceu principalmente com o tomate, o registro é feito. Então que se faça justiça agora, já que quem está de regime não pode reclamar dos preços das frutas. Somente pêra e maçã ainda continuam com preços destoantes, mas estas frutas podem ser descartadas, trocando por outras saudáveis como a manga, o mamão e os legumes como o chuchu, a beterraba, a moranga etc.

Finalmente uma notícia boa, não?!

 

Já a inflação...

 

...parece que vai ceder também, pois com a alta do dólar, a importação fica mais cara e o negócio é trocar por bens fabricados ou produzidos aqui mesmo no Brasil. Assim, o feijão, que já chegou aos R$ 16, está bem abaixo dos R$ 10, dependendo das marcas. Já o café tem subido um pouco, mas na média. A inflação está em um ponto agradável e dentro da meta do governo. Para o ano que vem, fala-se que não chegará aos 5%. Muito bom, enquanto isso, o governo na Venezuela está balançando. Falta tudo, inclusive papel higiênico. Uma afronta o que tem feito o amigão de Lula e Dilma.

 

Por falar nele

 

Ontem, o juiz Sérgio Moro considerou-o como réu em mais um processo. Agora, Lula responde a cinco, fora os que estão vindo com o monte de delação (77) só da Odebrecht. Segundo o Supremo, mais de 800 depoimentos estão na Casa para serem analisados até fevereiro, quando Teori Zavascki decidirá quem poderá ser ou não réu. Uma tarefa difícil para as dezenas de bons advogados e juízes que o Supremo recrutou para que as ações tenham um trâmite mais rápido.

 

Fogos de Samonte

 

Não é somente Santo Antônio do Monte que tem fábricas de fogos no país. No entanto, ela sofrerá bastante neste final de ano, pois as prefeituras estão quebradas e os tradicionais foguetórios ou serão abolidos ou diminuídos. O principal deles acontece no Rio de Janeiro, que, sem dinheiro, já disse que é impossível fazer uma queima de fogos como do ano passado. Assim, em vez dos 17 minutos tradicionais, não passará da metade. “Será bonito do mesmo jeito, menos demorado, fazer o quê?”, comentou um carioca desalentado.

 

Velha Guarda

 

O secretariado do novo prefeito Galileu Machado sofrerá pequenas mudanças, todas decorrentes a alguns que morreram ou que estão com a saúde abalada. No mais, disse um antigo amigo, será tudo igual. Somente não irá o filho “Leu”, porque este está “em outra” e em negócios com órgãos do governo, o que lhe impede de assumir qualquer cargo. Não há alternativa, haverá uma forçada adequação, digamos, modernosa.

Comentários
×