#FicaElis

Coluna escrita por Adriana Ferreira

Adriana Ferreira

O Hospital São João de Deus estava para ser fechado quando chegou ELIS REGINA GUIMARÃES que, sem medo, arregaçou as mangas, montou uma equipe de trabalho e levantou o Hospital que atende a macrorregião composta de mais de 50 municípios e mais de um milhão de pessoas. Teve equipe que quebrou o hospital, teve equipe que por pouco não fechou, teve intervenção do Ministério Público, teve administrador que quando viu o tamanho do rombo, abandonou o barco. Somente ELIS REGINA no comando, com seu árduo trabalho, salvou e tem salvado muitas vidas. E o que ela recebe? INGRATIDÃO. Divinópolis tinha tudo para ser gigante, mas a ingratidão por aqueles que muito fazem por ela a apequenam. Ficaria horas escrevendo sobre as pessoas que se sacrificam por essa cidade e receberam desprezo.

Destacaremos aqui o próprio GERALDO CORREA que doou o Hospital para a cidade. Existe Medalha Geraldo Correa? Existe Praça Geraldo Correa? Existe um busto? Uma rua? Alguém da família deste grande benfeitor já veio receber uma homenagem post mortem? O hospital foi inaugurado há 53 anos e até hoje não houve reconhecimento pelo grande serviço prestado por GERALDO CORREA. Pelo contrário, não reconhecem o grande benfeitor GERALDO CORREA e ainda querem sacrificar ELIS REGINA GUIMARÃES que recuperou as contas do agora Complxo de Sáude São João de Deus e fez aumentar sua grandeza, colocando o Hospital no seu lugar: grande salvador de vidas de Divinópolis e região. Isso não podemos permitir. #ForçaElisRegina #FicaElisRegina

Comentários
×