“Dois Cigarros” é o livro de Flávio Gomes lançado pela Gulliver

 

Jorge Guimarães

Acabou o mistério, a Gulliver Editora divulgou em suas redes sociais a capa oficial do primeiro livro do jornalista Flávio Gomes. O romance “Dois Cigarros” lança o apresentador da Fox Sports no hall dos autores brasileiros. A obra é aguardada com grande expectativa pelo público, que terá uma grande surpresa.

Saindo totalmente do convencional, Gomes convida o leitor a embarcar em uma história sobre os encontros e desencontros de um casal que viaja pelo mundo em busca de aventuras, respostas e da solução de um mistério. O lançamento oficial da obra será no fim de março.

Sinopse

“É fim de tarde. Você entra no carro sem dizer nada e pergunto: vamos? Você diz que sim com um gesto e me mostra o caminho. Depois de meia hora pergunto se você trouxe suas roupas e sua escova de dente. A escova, sim, me responde.”

Assim, sem uma história pré-existente, um arquiteto solitário de quarenta e poucos anos e uma jovem misteriosa de grandes olhos verdes que nunca falava sobre o passado se encontram pela primeira vez para uma viagem sem destino. O acaso, que une e separa duas vidas, conduz os personagens do romance de estreia do jornalista Flavio Gomes numa jornada que passa pelo interior de Minas, pequenas cidades alemãs, São Paulo, Paris, Berlim, Amsterdam, Itacaré, Budapeste, Praga e Estrasburgo, sem que jamais um saiba o bastante do outro para imaginar um fim possível.

Autor

Flávio Gomes iniciou sua carreira no jornal Popular da Tarde. Passou pelas rádios Cultura e USP, fazendo programas de ciência para a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). 

Foi contratado pela Folha de São Paulo, onde trabalhou de 1986 a 1994 como redator, depois como editor-assistente, editor-adjunto, editor e repórter especial de Esporte. Em 1988, teve uma curta passagem pela revista Placar, que segundo o próprio, era seu sonho no jornalismo, como editor.

WarmUp

Ao deixar a "Folha", criou a agência de notícias WarmUp, promovendo a cobertura do automobilismo para diversos jornais do país. Além disso, mantém desde 2000, como braço da empresa, o site "Grande Prêmio", principal portal de cobertura automobilística do Brasil, hoje dentro do UOL, mas que também já esteve no MSN e no iG -- portal pelo qual Flavio chegou a comandar debate entre candidatos à prefeitura de São Paulo e cobrir os Jogos Olímpicos de Pequim, ambos em 2008.

Rádio

Além da carreira construída com a agência WarmUp, Gomes também tem sólida experiência no rádio. Em 1994, após algumas participações como convidado da Rádio Jovem Pan AM, passou a ser comentarista de Fórmula 1 e apresentador da emissora. Ficou na Pan até 2001. Em 2002, passou a integrar a equipe de cobertura de automobilismo da Rádio Bandeirantes, permanecendo na casa até o fim de 2005, quando parou de viajar pelo mundo cobrindo a Fórmula 1.

TV

Na televisão, trabalhou na ESPN Brasil de 2005 a 2013. Era comentarista de automobilismo e apresentador dos programas Bate-Bola, Limite e Pontapé Inicial, além de participar de transmissões esportivas nas rádios em que o canal manteve equipe: Rádio Estadão ESPN (2007-12) e Capital (2013). Passou também pelo jornal Lance!, de 1997 a 2010.

Depois de sair da ESPN, voltou a trabalhar na televisão em 2014, quando foi contratado pelo Fox Sports como comentarista e apresentador, fazendo parte da equipe dos programas Fox Sports Rádio e Fox Nitro.

Em novembro de 2015, passou a apresentar o programa Esporte de Primeira, na Rede Transamerica - SP, FM 100,1., mas deixou a emissora meses depois, permanecendo apenas na Fox.

 

Comentários
×