“Até que o Tinder nos separe”

 

Jorge Guimarães

Se você gosta de dar boas risadas, uma ótima opção é assistir ao espetáculo teatral “Até que o Tinder nos separe”, que acontece neste sábado, às 20h, no Teatro Gravatá. A comédia é uma produção do ator Vitor Branco, o personagem “mafioso” do programa "A praça é nossa", do SBT. Vitor também faz parte do elenco da peça, juntamente com o ex-ator de Malhação Wanderlei Grillo e Ana Morisa. Os ingressos estão à venda na Boutique do Livro e Mega 24h.

Enredo

A comédia “Até que o tinder nos separe” se trata de uma paródia inspirada no filme “Eu os declaro marido e Larry”. Dois amigos héteros decidem se casar para aproveitar benefícios através de uma união homoafetiva, conhecida como casamento igualitário.

Traumatizado pela morte da esposa há cinco anos, Beto, além de cardíaco, tem a tarefa de cuidar de dois filhos que se encontram estudando em um colégio interno. Uma questão, entretanto, tem atormentado seus pensamentos: o que aconteceria com as crianças caso ele viesse a faltar?

Brilhante ideia

Mas uma brilhante ideia pode resolver essa situação: se casar com seu amigo de longa data, seu vizinho Zeca, desempregado há anos, mas totalmente viciado no aplicativo Tinder. Com incentivo do seu amigo Zeca, Beto vai conhecendo mulheres e cada uma delas revelando traços de suas personalidades até perceberem a visita de uma fiscal para constatar essa união.  Está armada a confusão.

 

Comentários
×